De uma hora para a outra os patinetes elétricos se tornaram os queridinhos das grandes cidades. A explosão desse tipo de mobilidade desafiou o planejamento urbano e forçou os órgãos públicos a atuarem.

Um dos primeiros passos foi proibir a circulação em calçadas. Os patinetes podem circular apenas por ciclovias, ciclofaixas e ruas com limite de velocidade de no máximo 40km/h. Além disso, os patinetes não podem ultrapassar a velocidade de 20km/h

Outras regras foram estabelecidas: é permitido apenas um usuário por veículo e o patinete deve ter campainha, sinalização noturna dianteira, traseira e lateral. Para os modelos compartilhados, é proibida a utilização por menores de 18 anos, o que já para quem é proprietário, a regra já não se aplica

Com essas novidades, a prefeitura visa garantir tanto a segurança do pedestre, quanto a do usuário, e torna o patinete uma opção ainda mais segura e prática de se locomover pela cidade.